quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Olhem o tamanho do problema.

Oi, Gentes!

Agora ficou resolvido o meu problema com o calendário e eu já entendi que o meu ciclo dura Regularmente 34 dias, ontem foi o 34º.... e hoje a colega tinha que (NÃO) vir. Bom, até agora nada. Tive um pequeno sangramento marron que durou três dias, poucos dias depois da suposta (tomara) fecundação, acredito que seja a tal "nidação".

Venho sentindo dor nos bicos dos seios, mas não estão inchados como sempre ficam antes da monstra vir. Outra coisa que não está inchada é a barriga, porque eu costumo virar um baiacu antes da colega, mas estou gostando da boa forma. E ainda não veio aquela borrinha que costuma descer um dia antes para anunciar o mal que há de vir. rsrsrs.Assim como não tenho sintomas de monstra, não tenho de gravidez. (E me parecem todos iguais, pra falar a verdade.). Agora, estou com um muco leitoso muito intenso. Não sei se é sintoma de alguma coisa, mas que eu estou bastante molhadinha, isso é.

Vamos esperar pra ver se amanhã ela tb não vem. Mas não posso passar de amanhã pra descobrir isso....  

Olhem o tamanho do problema:

Ano passado fiz uma substituição numa creche, e gostaram tanto do meu trabalho que querem assinar minha carteira esse ano... eu tenho que começar a trabalhar dia 24 desse mês. Antes de eu sair, por coincidência (por investigação) 3 pessoas diferentes puxaram conversa comigo sobre ter filhos. Eu disse a mesma coisa coisa pra todas: 
A última notícia que eu tive do médico foi: "enquanto sua menstruação não regular, você não vai ovular e não pode engravidar. Ou você faz tratamento (mesmo que seja com anticoncepcional simples) ou não engravida"... Eu sonho em ser mãe, mas não quero fazer tratamento agora.

Se Deus me der a promessa Dele, AMÉM. Se a promessa não for pra agora, então minha prioridade é o Mestrado. Mas eu não achei conveniente falar sobre religião e promessa de Deus num local de trabalho novo, em que eu nem tenho intimidade com as pessoas ainda, nem conheço a crença delas. Então, não falei sobre da promessa, só enfatizei que não posso engravidar sem fazer tratamento e que minha prioridade é o mestrado.

O problema é: agora que o meu ciclo regulou e supostamente eu estou ovulando, agora que acho que posso realmente ter engravidado, LOGO AGORA, vou assinar carteira num emprego novo e ficar de licença maternidade em seguida????

Se a monstra não vir hoje, dá pra fazer o teste de sangue amanhã. Na segunda feira terei outra oportunidade de trabalho, então preciso saber o quanto antes se a creche está garantida ou não. Se eu estiver grávida vou conversar com a chefe da creche e falar a verdade: Engravidei, ainda quer me contratar? Se ela me contratar, bem. Se não me contratar, na segunda-feira vou assumir cadeiras de professor temporário pelo Estado, porque são apenas contratos, e eles não se importam com isso, quando eu ganhar neném eles demitem e chamam outro, é simples.

Se eu não estiver grávida tem outro problema: preciso ficar pelo menos 1 ano na empresa antes de engravidar né... é muito chato pegar licença maternidade no primeiro ano de trabalho. Vou ter que voltar a tomar remédio??? Logo agora que o ciclo regulou??? E se Deus cumpre a promessa e me dá o filho mesmo com remédio??

Cabeça explodindo hoje... o positivo é problema, o negativo é problema. Só me resta confiar em Deus e pedir pra Ele fazer a vontade Dele... 

Entenderam o tamanho do problema? Momento decisivo...Trago notícias em breve...s2

Um comentário:

  1. Caramba, que difícil isso!
    Ponha na balança, veja hoje o que realmente interessa. Um emprego é bom, pois é garantia de vida pro seu baby, mas também teria q adiar por um ano.
    Realmente não sei mesmo!
    Eu adiei 2 anos o meu baby, para que ele viesse na hora certa, sem interpeles e com segurança de um futuro melhor. Foi difícil esperar, mas hoje digo que veio numa boa hora.
    Converse com Deus, peça a Ele a resposta!
    Beijocas, querida!

    ResponderExcluir